Itaparica

Itaparica foi descoberta em 1º de novembro de 1501 por Américo Vespúcio, juntamente com a Baía de Todos os Santos.
Em língua tupi "itaparica" significa "cerca de pedra" uma referência aos arrecifes de corais que cercam a ilha e reduzem a força das ondas.

 

Maior ilha da Baía de Todos os Santos com 246 km2 bem preservados de Mata Atlântica, restingas e manguezais, Itaparica mantém um ambiente pacato a poucos minutos de Salvador.
A Ilha de Itaparica é dividida em dois municípios, Itaparica, onde fica a antiga sede, e Vera Cruz, mais conhecida como Mar Grande, única estância hidromineral à beira-mar do país.
Itaparica guarda casarões coloniais e construções que datam dos séculos XVII e XVIII, como a Igreja de São Lourenço, de 1610, a Fortaleza de São Lourenço, de 1711, o Casarão Solar do Rei, de 1606, a Capela de Nossa Senhora da Piedade, de 1622 e Fonte da Bica, de 1842. Esta última jorra águas minerais carbonatadas e sulfatadas com propriedades medicinais e terapêuticas.
Já Mar Grande abriga as melhores praias, protegidas pelas barreiras de corais, chamadas de “Recifes das Pinaúnas”, com águas calmas e poucas ondas.

 

Entre as mais procuradas estão Barra Grande, em frente à vila e com boa infra-estrutura, Aratuba, que ganha piscinas naturais na maré baixa devido aos recifes, Ponta de Areia, com barracas de culinária regional e Tairu, contornada por coqueiral e recifes. Na Praia da Penha quiosques rústicos capricham nas receitas à base de caranguejo e as ondas fazem a alegria dos surfistas.
A Barra do Gil também é procurada para surf e Manguinhos é uma pequena enseada, com casas de veraneio e ideal para mergulho. A Praia da Conceição ostenta as ruínas da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, do século XVII, e a Praia do Forte tem um belo casario colonial. A Praia da Barra do Pote também tem algumas ruínas, enquanto a Praia da Coroa está repleta de coqueiros.
A Praia de Cacha-Pregos é uma vila de pescadores, assim como Berlinque e Gameleira, esta última bastante procurada para prática de esportes náuticos e pesca de linha em seu píer de pedras.
De Cacha-Pregos partem barcos para a região conhecida como Pantanal Baiano, em um passeio que percorre manguezais e fontes de água doce, com uma parada na Ilha de Matarandiba, com coqueiros e areias brancas.

 

A ilha de Itaparica, banhada pelas águas da Baía de Todos os Santos, está localizada na Região Metropolitana de Salvador, capital do Estado da Bahia. O acesso pode ser feito de ferryboat, partindo do Terminal de São Joaquim. Acesso terrestre pode ser feito pela BR324 e BR101.

O Aeroclube da Bahia, em Itaparica, tem capacidade para receber aviões de porte médio.